sábado, 27 de abril de 2013

Frase da Semana





Motivos pra desistir você vai encontrar vários. 
Mas para amar, só basta um. 
O suficiente pra você amar loucamente,
 o suficiente que supera todos os motivos
 por piores que sejam pra desistir.





Tati Bernardi

segunda-feira, 22 de abril de 2013

Adélia Prado

Boa noite queridos!
Apesar de hoje está na moda livros de trilogias ou algum que refere as series da telinha, os quais eu também gosto, hoje eu venho compartilhar uma escritora qual a obra tive o enorme prazer de conhecer na oficina de Teatro e Poesia do Arena em Cristo, apresento-lhes Adélia Prado.


Mineira, nascida em Dezembro, ela é das antigas, inspirada por grandes nomes como Drummond, Guimarães Rosa e Clarisse. Porém na sua obra Deus é personagem principal, Ele está em tudo. Não apenas Ele, mas a fé católica, a reza, a lida cristã, em suas palavras:

"Tenho confissão de fé católica. Minha experiência de fé carrega e inclui esta marca. Qual a importância da religião? Dá sentido à minha vida, costura minha experiência, me dá horizonte. Acredito que personagens são álter egos, está neles a digital do autor. Mas, enquanto literatura, devem ser todos melhores que o criador para que o livro se justifique a ponto de ser lido pelo seu autor como um livro de outro. Autobiografias das boas são excelentes ficções."


Ainda não tive o prazer de conhecer toda sua obra, mas um dos poemas que me chamou mais atenção foi este:


Adélia Prado
COM LICENÇA POÉTICA

Quando nasci um anjo esbelto,
desses que tocam trombeta, anunciou:
vai carregar bandeira.
Cargo muito pesado pra mulher,
esta espécie ainda envergonhada.
Aceito os subterfúgios que me cabem,
sem precisar mentir.
Não sou feia que não possa casar,
acho o Rio de Janeiro uma beleza e
ora sim, ora não, creio em parto sem dor.
Mas o que sinto escrevo.  Cumpro a sina.
Inauguro linhagens, fundo reinos
— dor não é amargura.
Minha tristeza não tem pedigree,
já a minha vontade de alegria,
sua raiz vai ao meu mil avô.
Vai ser coxo na vida é maldição pra homem.
Mulher é desdobrável. Eu sou.
Inspirado na obra Drummond o livro Alguma Poesia

Carlos Drummond de Andrade

POEMA DE SETE FACES

Quando nasci, um anjo torto
desses que vivem na sombra
disse: Vai, Carlos! ser gauche na vida.

As casas espiam os homens
que correm atrás de mulheres.
A tarde talvez fosse azul,
não houvesse tantos desejos.

O bonde passa cheio de pernas:
pernas brancas pretas amarelas.
Para que tanta perna, meu Deus, pergunta meu coração.
Porém meus olhos
não perguntam nada.

O homem atrás do bigode
é serio, simples e forte.
Quase não conversa.
Tem poucos, raros amigos
o homem atrás dos óculos e do bigode.

Meu Deus, por que me abandonaste
se sabias que eu não era Deus
se sabias que eu era fraco.

Mundo mundo vasto mundo,
se eu me chamasse Raimundo
seria uma rima, não seria uma solução.
Mundo mundo vasto mundo,
mais vasto é meu coração.

Eu não devia te dizer
mas essa lua
mas esse conhaque
botam a gente comovido como o diabo.


Apesar de admirar Drummond prefiro o poema da Adélia sou mais um anjo esbelto que toca trombeta à um anjo que vive nas trevas, além do mais como boa cristã sei que Deus não me abandona e apesar dos meus erros e minhas falhas sei que em Cristo há solução para elas.
Espero que tenham gostado.
Fiquem com Deus
XOXO

sábado, 20 de abril de 2013

quarta-feira, 17 de abril de 2013

Diário de uma Princesa Esquecida


Quando criei o blog eu queria falar do que te faz ser nobre e especial, mas eu acabei ficando confusa ao longo do tempo, porque na atual sociedade os valores do que bom e reto está totalmente deturbada.
Tem dias que eu penso "nasci no século errado" ou "nossa como eu estou velha" ou "OMD eu sou careta?"

Mas a realidade é que a figura feminina esta cada dia mais 
masculinizada (apanhando das feministas). Sim isso é verdade, vocês repararam que se a mulher escolhe cuidar da casa e do marido ela é rotulada como fresca, mimada e preguiçosa entre outros.
Deste os fundamentos da terra, quando o mundo tinha equilíbrio, a figura feminina seja ela animal ou humana, tinha a função de cuidar dos seus, certos? E então por que agora a mulher não pode seguir seu instinto natural?
E se a mulher é vaidosa, gosta de se cuidar, preocupa com a aparência ela é FUTIL.
Tá isso pode ser uma variável, afinal toda regra tem sua exceção, porque tem mulheres que só pensam em "beleza" aquelas que fazem de tudo por estética e se tornam fúteis. Mas estamos falando de Mulheres e essas são diferentes.
Mulher que gosta de estar linda, que é vaidosa (sem exageros), ela se sente bem e transmite o bem aos outros, agora se não se sente bela, querido é pior que TPM.
Outra ideia que eu não aguento mais é essa luta sem fim homem X mulher, gente chega disso pelo amor de Deus!
Não tem que competir saber quem ganha bem, quem trabalha mais, quem educa melhor.
A mulher tem que somar, quando um casal se une, andam lado a lado, de forma sábia, trará frutos e esses se multiplicarão.
Colocando em prática.
A fulana é casada tem três filhos trabalha 8 horas por dia, faz academia e ainda mantem um grupo de amigas o qual ela tem que impressionar todo fim de semana, sem contar os diversos compromissos de uma mulher bem sucedida. No casamento Fulana e Fulano estão esfriando um com o outro porque cada um assumiu sua função no casamento e se tornaram mecânicos de agenda cheia de compromissos. Eis que aparece uma Bertana, muito quente e muda a rotina do casal. Fulana fica com os filhos e Fulano com a Bertana.
Porém a mulher, que tem tempo para os filhos e para o marido, edifica a casa, o dialogo fluí fácil, um ajuda o outro e meu bem se o seu marido confia em você e ele cresce na carreira profissional  você cresce junto afinal são uma só carne ;)
Mulher tem que ser guerreira para que seu amado a admire;
Tem que ser linda de bonita para que seu amado a deseje;
Tem que ser sábia e atenciosa para que seu amado a valorize.
Esse é o meu jeito de ver a vida, eu escolhi ser feminina não feminista, acredito que é possível conquistar mais coisas com amor e dialogo do que queimar sutiã.
E ai você escolheu ser o que?

XOXO
Fiquem com Deus

sábado, 13 de abril de 2013

Frase da Semana



"Aventurar-se causa ansiedade, 
mas deixar de arriscar-se é perder a si mesmo.
E aventurar-se no sentido mais elevado, 
é, preciosamente, tomar consciência de si próprio"



Kierkegaard

.